Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E como sou homem... lá vai...

por pai babado, em 19.01.12

Caríssimos amigos, familiares, afins, companheiros, and so on and so on

 

Cumpre-me hoje colocar aqui um post no blog do meu mais que tudo (o meu príncipe lindo), uma vez que já ha muito tempo que não postava nada, assim e como sou homem, cá vai um postzito sobre futebol :)

 

Continuo a sentir orgulho todos os dias em que pergunto ao meu amado filho, qual é o teu clube: E ele responde: sou do porto campeão, e o porto é fixe, se continuarmos a desenvolver o tema, ele ainda me deixa mais nos píncaros, porque acrescenta sempre que o benfica é caca e deita a língua de fora para falar no sporting... muito bem ensinado:) hehe de pequenino é que se torce o pepino

 

 

 

 

 

É que o futebol não se explica e ser portista muito menos; sente-se de forma tão pessoal e intensa que transformar tudo em palavras é mais complicado do que construir um arranha-céus numa manhã.

 Ser portista, antes de mais, é a consequência lógica de ser portuense e tripeiro. Não consigo conceber como alguém do Porto consegue torcer por equipas de Lisboa, sendo que estão a pactuar com aqueles que mais têm prejudicado a minha (nossa) cidade e a região Norte desde há longas décadas. É contraditório, mas enfim…

Ser portista é ter orgulho no que é uma cultura de vitória, uma cultura que procura a excelência, uma cultura que vive com o foco em patamares onde só estão os melhores, uma cultura onde a palavra derrota não consta do dicionário e em que o encolher de ombros perante o insucesso não só não é admissível como é intolerável. Tivesse Portugal inteiro esta mentalidade e seríamos um país com patamares de desenvolvimento ao nível dos mais evoluídos.

Ser portista é poder afirmar que a minha cidade tem muito mais projecção graças a uma entidade (também podia escrever marca, mas resumir um clube de futebol a um simples negócio é estragar a beleza que lhe dá brilho enquanto instituição que serve o desporto) que faz mais por ela do que qualquer outra…

 

Vivemos, sentimos, respiramos, e somos PORTO!

 

In "http://omundoazulebranco.blogspot.com"

 

 

O pedro, a mamã nata, eu e o sportacus....heheh... SOMOS PORTO

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:03


4 comentários

De cris oliveira a 20.01.2012 às 10:57

catane, eu que ja sou do porto ainda mais portista me tornei!!!

De Tio João a 20.01.2012 às 12:40

Nasci em 1978, o ano de todas as mudanças no panorama futebolístico em Portugal. Nasci no ano em que o FC Porto pôs fim ao longo jejum. Uma travessia no deserto, longa, penosa. Eramos, enquanto não ganhavamos nada, um clube simpático da província cujas camisolas azuis e brancas não metiam medo a ninguém.
Nós próprios, quando passavamos a ponte rumo ao Sul, íamos já derrotados!... Andámos anos e anos à procura de uma identidade própria, de algo que pudessemos afirmar, alto e em bom som, ser só nosso.
O que é certo é que conseguimos dar o nosso grito do Ipiranga!... Afastar os nossos medos e carimbar uma personalidade que era já apanágio da grande cidade que representavamos.
A semente está em todos aqueles que durante anos não desistiram, continuaram a ser portistas e a transmitir esse gene aos seus descendentes.
A minha avó paterna foi quem me levou ao futebol pela primeira vez e me comprou uma bandeira do Porto!... Veio de uma família de Sportinguistas, mas sempre respeitou a cidade onde viveu durante mais de 70 anos.
Passou os genes ao meu pai e aos meus tios, e ainda conseguiu passá-los a outra geração: a mim e ao meu primo.
Curiosamente, escolheu o dia em que o porto se sagrou tricampeão nacional na época 2007/2008, para nos deixar a todos. No entanto, não o fez sem nos deixar muito dela, e uma das coisas mais importantes, o portismo!.
Por isso, é bonito ver o Principe Pedro imbuído neste espírito, nesta mistica superior e que a todos os portistas impele. Preparado para, no futuro transmitir estes genes aos seus descendentes, para que mais tarde possam deixar um contributo escrito e sincero ao avô Pedro e ao tio João.
SOMOS PORTO

Tio João

De pois a 25.01.2012 às 01:55

Só podias ser PORTO ou não eras filho da Renata ;] tenho dito...

De Tio Cunhas a 26.01.2012 às 23:02

Eu costumo dizer que um homem do norte so pode ter um clube… se não es do FCP não te podes orgulhar de ser do norte…

Seres do norte significa amar a Ponte D. Luis, a vista do rio, gostar de S.Bento, dos Aliados dos Clerigos e da essência da cidade… a cidade é velha, é o Porto!

Ser Portista é dos maiores orgulhos que eu posso ter e dizer a boca cheia e bem alto para todos ouvirem!

Ser Portista é lutar contra a comunicação social diariamente… lutar contra a capital e contra maior parte do pais que embala a instituição do Salazar.

Eu nasci mais tarde… em 1985, não me lembro dos êxitos de 87 mas lembro-me da 1 vez que visitei o velhinho e mítico estádio das Antas.. fui pela mão do meu Padrinho… jogo para comemorar o campeonato 91/92 ou 92/93, não me lembro ao certo mas lembro-me como se fosse hoje… passar os torniquetes e ver aquele relvado enorme e o estádio cheio! Final do jogo e la fui eu pisar a relva dar uma volta no mítico estádio das Antas! Memorável!

A partir dai foi sempre a somar, seja em estádios, cafés, casa, ou na rua ver o Porto tornou-se a minha Paixao..
Com o andar da vida vais sentir o que é ser Portista, estas palavras não sao nada comparadas ao nosso grande amor!

Pedro Pedrinho Pi.. tu vais ser mais Portista que Eu/Nos.. e digo isto porque já te esta no sangue sentir o Porto viver o Porto… e daqui por uns anos quando leres estes textos vais ver que afinal nos não somos maluquinhos, somos Postistas!

26.1.2012
Tio Cunhas

Comentar post



Mais sobre mim


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D